Acompanhamentos

/Acompanhamentos

Gratinado de batata doce com queijo

Como já falei no blog e nas redes sociais algumas vezes, tenho seguido uma alimentação com baixa ingestão de carboidratos, mais conhecida como low carb high fat, ou lchf. Mas de vez em quando me bate aquela vontade de comer um carboidrato eu vou logo para a lista dos carboidratos com baixo índice glicêmico, ou seja, que não elevam rapidamente o nível de açúcar no sangue, o que leva a várias implicações como a causa da Diabetes tipo 2 e o acúmulo de gordura nos tecidos adiposos (socorro!). A batata doce é um excelente exemplo de "carboidrato do bem", sendo ingrediente [...]

Farofa low carb para o Natal

Pensa numa #farofa maravilhosa. Agora imagina ela sendo #lowcarb e muito facil! Fiz essa farofa neste final de semana e fiquei apaixonada! Adoro farofa e estava triste de esse prato não se encaixar na alimentação#lchf , mas inventei uma solução maravilhosa! A receita abaixo é da original, da foto. Para deixar com cara de natal você pode acrescentar peru desfiado e frutas secas. Vou fazer assim no jantar do dia 24, posto para vocês lá no Instagram o resultado final! MODO DE FAZER - Refogue a cebola picadinha em cubos com a manteiga. - Acrescente os dentes de alho amassados e a cenoura [...]

Vídeo: Farofa de Pistache com Bacon – Especial de Natal

O Especial de Natal em parceria com a Casa & Video continua! Hoje tem receita dessa farofa de pistache com bacon que fica incrível como recheio do Peru ou do Chester, ou então como acompanhamento do Tender ou do Lombinho. E o melhor, fica pronta rapidinho, uma delícia! Confere aí ;)

Purê Rústico de Batata Doce do Jamie Oliver (sem sujar panela!)

Já demonstrei várias vezes no blog meu amor incondicional pelo simpático e bonachão chef inglês Jamie Oliver, que faz aniversário hoje!! Tenho vários de seus livros (mas alguns ainda estão faltando, fica aí a dica para quem estiver pensando em algum presente para me dar 😉 e adoro assistir os programas dele, principalmente os de culinária em 15 ou 30 minutos, que acho dinâmicos e surpreendentes. Hoje trago uma receita de um dos livros dele, o 30 Minutos e Pronto, um dos meus favoritos. É um purê de batata doce rústico, feito com coentro, limão e pimenta. Gente, digo isso, é uma lindeza! Prato simples, fácil, rápido e muito gostoso. Não suja nem panela!! Fiquei surpreendida e todos aqui em casa adoraram, até a turma dos adolescentes. Paixão à primeira vista, pretendo fazer novamente com certeza! A única parte que não inclui na minha versão do purê de batata doce do Jamie Oliver porque não tinha em casa é um chutney de manga, que existe na receita original do livro. Deve ficar realmente muito bom! Mas essa versão mais simples é uma delícia assim, do jeito que está. Eu também acrescentei a noz moscada, simplesmente porque acho que ela vai muito bem com todos os tipos de purê de batata que faço!  Pode acompanhar basicamente qualquer tipo de carne, e, para os vegetarianos, acho que fica muito legal com cogumelos também. Pega a receita aí e me diz se o Jamie e eu não acertamos outra vez? 😉 […]

By | maio 27th, 2014|Acompanhamentos, Dificuldade Fácil, Vegetariano|4 Comments

Omelete pão de queijo #funcional #semgluten

E vamos começar essa semana com uma receita linda, deliciosa e funcional para dar aquele pique bacana na segunda-feira? Essa omelete pão de queijo eu postei há algumas semanas no instagram (aliás, se você ainda não segue o @temperaria no instagram corre lá, tem várias receitinhas do dia-a-dia e dicas bacanas), mas como ela é muuuito boa, resolvi trazer para vocês aqui do blog também. Mas se preparem, é vício na certa! O bacana dessa receita é que ela se encaixa nas mais variadas dietas: é sem gluten, tem pouco carboidrato e pouca gordura (só a do ovo, que é uma gordura super do bem). Ainda inclui na receita a chia, que é excelente para diminuir o índice glicêmico. E se você quiser que seja sem lactose, sem problema: basta substituir a mussarela light por outro queijo sem lactose (tem muitas opções por aí). Ou seja, não tem desculpa para não fazer, né? E que todos tenham uma semana linda, gostosa e light! 😉 […]

By | março 24th, 2014|Acompanhamentos, Dificuldade Fácil, Lanches, Sem Gluten|4 Comments

Mousseline de cenoura + você sabe a diferença entre mousseline e purê?

E para dar um apoio à #segundasemcarne e à dieta que cisma em começar nas segundas-feiras, que tal uma mousseline de cenoura leve e deliciosa? Essa aqui fica pronta rapidinho e acompanha tudo quanto é tipo de prato, de carnes em geral à grãos, soja, tofu e o que mais você imaginar! Eu gosto tanto dessa receita que como pura com uma colherzinha.. delícia 😉 Aliás, aproveitando a deixa, você sabe a diferença entre purê e mousseline? Eu também não sabia e resolvi dar uma pesquisada para contar para vocês. Confesso que não achei muitas informações, mas vi que teve um programa dos Homens Gourmet há um tempo atrás em que eles explicaram que na mousseline entra o creme de leite e no purê não. Mistério resolvido! Então bora fazer essa mousseline delícia que vai virar um dos seus favoritos na cozinha, tenho certeza! […]

By | março 17th, 2014|Acompanhamentos, Dificuldade Fácil, Vegetariano|5 Comments

Brócolis com shitake salteado no shoyu + ar condicionado na cozinha

É gente, confesso que com esse calor infernal que faz no Rio de Janeiro há mais de um mês está difícil de conseguir ficar na cozinha com fogão e forno ligados. Sempre penso em como seria bom ter um ar condicionado na cozinha nesses momentos! (item obrigatório da minha próxima cozinha, fato). Alguém aí tem? Porque está difícil.. além disso também estou fazendo uma dieta acompanhada da minha nutricionista, e, juntando as duas coisas, tenho ido para cozinha para fazer receitas mais leves e rápidas. Essa daqui é uma que inventei na hora com o que tinha na geladeira (brócolis e shiitake) e adorei, vou repetir com certeza! Fica uma delicia, demora quase nada para fazer e não engorda. Fala aí se não é tudo de bom? Ah, o brócolis que eu usei foi o “brócolis japonês” ou “brócolis ninja” (acho esse nome super engraçado), que é aquele tipo que parece muito com uma couve-flor. Eu adoro esse tipo de brócolis, acho super fácil de fazer e como ele até mesmo só cozido no vapor com azeite.. delicinha! Aliás, vocês sabiam que o brócolis é super saudável e está na lista das hortaliças que mais possuem concentração de ferro e vitamina C? O shiitake, por sua vez, além de ser uma excelente fonte de ferro e vitamina C também possui muitas fibras. Tudo de bom! Olha só a tabela das informações nutricionais:   Brócolis Shiitake Calorias 25,5 kcal 34 Kcal Carboidratos 4,0 g 6,79 g Proteínas 3,6 g 2,24 g Fibras 2,9 g 2,5 g Gordura 0,1 g 0,49g Ferro 0,6 mg 0,41 mg Então agora que você já sabe que além de gostoso faz bem, bora para a cozinha?  […]

By | fevereiro 10th, 2014|Acompanhamentos, Dificuldade Fácil, Vegetariano|1 Comentário

Salada de alface roxa com tomatinhos assados e aspargos brancos + descobrindo intolerâncias e alergias alimentares

Fevereiro começou quente, muito quente aqui pelo Rio de Janeiro (e acho que em quase todo país, não é?). E como estamos em época de calor e preparativos para o carnaval, nada melhor que uma saladinha light e gostosa para começar essa semana! Mas não precisa fazer cara feia! Eu mesma, confesso, não sou fã de salada, acho tudo muito sem graça.. mas essa aqui é totalmente diferente! Esses tomatinhos assados temperados dão um toque super especial, além dos aspargos (adoro!) e do queijo parmesão fresco que, apesar de pouca quantidade, dá aquele salgadinho especial para a receita. Faz aí e me diz se não é uma delícia! Falando em dieta, essa semana fui numa nutricionista principalmente para ver questões de intolerâncias e alergias alimentares. Fiz o teste de sangue e voilá, várias surpresas! Lembram que eu cheguei a fazer uma dieta cortando o gluten no final do ano passado e estava me sentindo muito bem? Pois então, não tenho intolerância ao gluten, só ao trigo! O que, vamos combinar, na vida real é quase a mesma coisa, não é? Além dele também tem fermentos e leveduras, leite de vaca, ovo, feijão, lentilha, ervilha, maçã, bacalhau e alho. ALHO? Fala sério né!  Não fiquei lá muito satisfeita com esse resultado mas a nutri falou que não necessariamente é uma coisa para a vida toda, pode ser alguma coisa temporária por super exposição.. vamos ver! Não como maçã, feijão, lentilha e bacalhau já tem um tempo, então acho que esses devem ser definitivos mesmo.. mas vamos acompanhar para o fermento (vinhos!), o leite (queijos!), o ovo (ovo! hehe) e o alho (tudo!) saírem dessa lista muito em breve! […]

By | fevereiro 4th, 2014|Acompanhamentos, Dificuldade Fácil, Vegetariano|0 Comentários

Rosbife com molho de raiz forte branca Meerrettich e redução de vinho tinto + cenouras glaceadas + 3 super dicas para uma carne perfeita!

Quando estive em Blumenau no ano passado para a Oktoberfest aproveitei, como sempre faço, para comprar uns ingredientes diferentes que não costumo ver por aqui no Rio de Janeiro. Como a cidade é fruto da colonização alemã, encontramos excelentes produtos derivados de lá. Um que eu nunca tinha visto é a pasta de raiz forte branca, chamada de Meerrettich. Sempre que pensamos em raiz forte já nos vem à cabeça aquela pasta verde super picante da culinária japonesa, o wasabi. Entretanto, essa raiz forte alemã é bem menos picante mas muito mais saborosa, na minha opinião. A que eu comprei é essa aqui do lado. Custa barato (acho que foi menos de dez reais, se não me engano) e dá um toque muito especial nos molhos em geral. Depois descobri que existe à venda em vários lugares aqui no Rio de Janeiro, eu só não tinha prestado atenção! Pois então, eu estava em casa essa semana com uma tremenda preguiça de fazer jantar mas também não queria comer fora (afinal, estava com preguiça). Cheguei em casa em torno das 22h depois do trabalho, que se estendeu além do esperado, e não tinha nada pronto na geladeira. Sorte do dia: havia tirado essa peça pequena de filé mignon no dia anterior do congelador e deixado na geladeira na esperança de ter inspiração e tempo de usá-lo durante a semana. E voilá, como diriam os franceses: vamos de rosbife que é super rápido e nunca decepciona. Como não queria comer carboidrato tão tarde da noite – bem que eu aceitaria uma bela massa para acompanhar essa carninha, mas a dieta não anda permitindo essas escapadas ultimamente – escolhi fazer umas cenourinhas super simples glaceadas na manteiga e açúcar, que contrastaram maravilhosamente bem com o sabor ativo do molho do rosbife. Isso tudo, acreditem se quiserem, levou somente uns 20 minutos do meu tempo efetivo mais uns 30 minutos esperando a carne ficar pronta no forno. Não é uma delícia? Adoro pratos que exigem pouco trabalho e ainda nos dão uma pausa para apreciar uma taça de vinho enquanto sentimos os aromas inebriantes que estão saindo do forno… tudo de bom!!  […]