Ao ler as manchetes do site G1 do final de semana eu me deparei com uma notícia que me chamou a atenção: “Estudo diz que chocolate emagrece, mas não passava de uma farsa“. A matéria conta que um cara resolveu provar que estudos falsos sobre dieta e nutrição podem ser facilmente publicados em revistas científicas, e para isso ele criou um falso instituto, escreveu um artigo científico também falso que provava que comer chocolate na verdade emagrece, e publicou no portal da iMed em abril. Um mês depois ele resolveu contar toda a mentira no blog io9.

Daí que eu resolvi tentar encontrar essas informações lá no portal da iMed e no blog do io9 para ver realmente do que se tratava. E descobri que a coisa era muito mais complexa do que diz na matéria do G1 de hoje.

O nome do jornalista que fez essa doideira toda é John Bannon, e o tal artigo no io9 de ontem é  intitulado “I Fooled Millions Into Thinking Chocolate Helps Weight Loss. Here’s How.” A tradução seria mais ou menos isso: Eu enganei/levei milhões a pensarem que chocolate ajuda a perder peso. Aqui digo como.

dailymail_fakechocolatearticle    thehuffintonpost

O texto começa falando sobre o falso estudo, que seria de pesquisadores alemães liderados por um Ph.D chamado Johannes Bohannon, diretor do Instituto de Dieta e Saúde. O estudo científico falso foi publicado em várias revistas, capa de um dos maiores jornais da Europa, o Bild, republicado em dezenas de línguas em mais de 20 idiomas e citado em várias reportagens de revistas de moda e fitness como a Shape (edição de junho, página 128). Resumindo: fez um estardalhaço.

shape_fakechocolatearticle

Logo em seguida ele conta que na verdade é um jornalista, que o Instituto de Dieta e Saúde não existe e conta o passo a passo de como foi simples conseguir publicar e propagar o falso estudo sobre a dieta do chocolate.

Nesse mesmo texto, lá no finalzinho, ele conta que o artigo já foi retirado do portal do iMed, mas que pode ser acessado pelo Scribd, e realmente está lá. Se você quer ver o polêmico falso estudo sobre a dieta do chocolate, pode clicar aqui.

 Só que, no dia seguinte ao John Bannon publicar seu texto contando sobre a maracutaia, saiu outro artigo no io9 informando que Carlos Vázquez, CEO e editor do portal iMed, publicou na página do Facebook do instituto que eles nunca planejaram publicar o artigo falso, que ele ficou no ar poucas horas por um erro técnico e havia sido reprovado pela equipe de edição. Abaixo o texto publicado por ele (em inglês):

Disclaimer: Weeks ago a manuscript that was being reviewed in the journal “Chocolate with High Cocoa Content as a Weight-Loss Accelerator” appeared as published by mistake. Indeed that manuscript was finally rejected, although it went online for some hours.

We are sorry for the inconvenience. We are taking measures to avoid this kind of mistakes happens again.

Chateado, John Bannon publicou então os e-mails trocados com o próprio Carlos Vázquez em que o mesmo informa da aprovação e publicação do artigo.

Que papelão!

Mas então, o que aprendemos com tudo isso?

1) Não dá para acreditar de cara em todos esses milhares de artigos científicos que são publicados o tempo todo, principalmente quando relacionados à dieta, nutrição ou assuntos polêmicos.

2) A mídia brasileira, em geral, trata de forma superficial ou incompleta sobre basicamente tudo que publica. Por isso, se você leu alguma coisa num desses grandes portais e ficou interessado no assunto, gaste um tempo procurando as fontes. Provavelmente tem muito mais coisa do que você leu.

3) E a conclusão mais importante de todas: chocolate não emagrece!

anigif_enhanced-buzz-28063-1397143360-13

Print Friendly