Produto cultural do Brasil desde 1994, definido pela lei nº 8.918, a cachaça só ganhou um dia em sua homenagem dezesseis anos depois, graças ao projeto de lei do deputado Valdir Colatto (PMDB-SC), aprovado em 2010.

Marvada, pinga, engasga-gato, birita, água-que-passarinho-não-bebe, e tantos outros apelidos foram dados ao destilado, marca da identidade brasileira.

Foi em 13 de setembro de 1661, há exatos 353 anos, que aconteceu a “Revolta da Cachaça”. A aguardente de cana tornou-se um símbolo da resistência ao domínio de Portugal, quando um levante popular dos proprietários de alambiques, no Rio de Janeiro, lutou pela legalização da bebida, que antes era proibida.

Hoje, o Brasil produz mais de 1,2 bilhões de litros da cachaça por ano e a exporta para mais de 60 países. Até 2012, o produto era conhecido genericamente no exterior como Brazilian Rum (o Rum Brasileiro), quando os produtores brasileiros ainda não podiam usar com exclusividade a denominação Cachaça.

Ao todo, quatro mil rótulos são fabricados por mais de dois mil produtores devidamente registrados. No entanto, de acordo com o IBRAC (Instituto Brasileiro da Cachaça), estima-se que 99% da produção brasileira seja realizada por pequenos empreendedores não credenciados, o que faria esses números saltarem para 40 mil rótulos fabricados por mais de 40 mil produtores. Não à toa, a “branquinha” vem conquistando cada vez mais espaço na gastronomia e nos cardápios de bares e restaurantes.

Com muita criatividade, barmen de diversas casas do Rio vêm mostrando aos apreciadores toda a versatilidade da nossa cachaça. A barwoman Neuma, comandante da coquetelaria do restaurante Nomangue Barra, adora misturar o ingrediente nas suas produções: “A carta tem drinques bem tradicionais preparados com cachaça, mas os clientes sempre querem uma novidade. Então, com exceção da nossa querida Caipirinha, as mais pedidas são a Caipimenta, que leva maracujá e pimenta dedo-de-moça, e o Drinque de Mate, feito com gengibre, hortelã, licor 43, laranja e limão”.

Nomangue Barra - Drinque de mate (2)

Drink de mate

Ingredientes: 1 dose de cachaça artesanal; 2 a 4 lascas de gengibre; Suco de 1 limão; Mate natural; 1 dose de licor 43; Suco de ½ laranja; Folhas de hortelã; Muito gelo

Modo de Fazer: Na coqueteleira, macere a hortelã e o gengibre com o suco de limão e o suco de laranja. Em seguida, adicione a cachaça, o licor 43 e o gelo, e bata tudo na coqueteleira. Sirva a seguir (coado ou não) em um copo com gelo e complete com o mate natural.

Serviço – Nomangue Barra

Estrada Coronel Pedro Correa, 122 lojas A e B, Barra da Tijuca. Tel.: 2441-4195 e 3416-8821 (250 lugares).Horário de funcionamento: Segunda à quinta: 12h às 23h / Sexta e sábado: 12h às 0h / Domingos e Feriados: 12h às 20h Cc.: V, M, D e A. Cd.: M, R e V. Cr.: S, VR, V e T. T.: não. Estac. (livre). 

E se você quiser aproveitar a deixa para fazer uma receita deliciosa com cachaça, confere aí a picanha suína encachaçada ou o risoto de espinafre na cachaça e a linguiça de pernil acebolada flambada na cachaça. Delícia! 😉
Print Friendly