Ingredientes

  • 1 couve-flor grande
  • 1 maço de couve manteiga
  • 300g de linguiça calabresa defumada
  • 1 cebola
  • 4 dentes de alho
  • 1/2 colher (chá) de noz moscada em pó
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • Sal à gosto

5 pessoas Pessoas servidas

Mais uma semana começando, dessa vez com horário de verão vigente aqui no Rio de Janeiro, fazendo todo mundo acordar com sono nessa segunda-feira! Menos eu! Acho que pela primeira vez em muitos anos (desde que comecei a trabalhar) eu acordo cheia de disposição na primeira segunda-feira do horário de verão. Delícia né?

Deixa eu contar uma coisa para vocês, estou tocando uma dieta. Pois é, estou me encaminhando para os 30 anos e percebi a diferença ENORME no meu metabolismo de agora pro de 5 anos atrás. Engordo com mais facilidade e fico inchada com qualquer coisa..  Daí resolvi dar uma mudada nos hábitos!

Comecei retomando o projeto de fazer exercícios e por enquanto está funcionando muito bem! Faço aeróbicos (caminhada + corrida) 3 vezes por semana e Pilates 2 vezes por semana. Ainda não comecei a pegar na musculação porque primeiro quero dar uma secada (nessas últimas semanas já desinchei bastante!). Depois comecei uma reeducação alimentar bem bacana, consistindo basicamente em retirar da minha alimentação as coisas que contém gluten (leia TRIGO e CEVADA).

Descobri que sempre que eu comia alimentos a base de trigo (pães, massas, pizzas, etc) eu me sentia muito inchada e, apesar de me sentir inchada, sentia fome muito rápido. Estava piorando bastante, então lendo algumas coisas sobre isso na internet resolvi fazer uma redução da ingestão de gluten, que hoje em dia para mim beira a zero. Na verdade eu achei que ia ser muito difícil fazer isso já que sou fanática por pão e macarrão, mas não foi! O macarrão eu consegui substituir por outros tipos sem gluten (postei até uma receita de um espaguete sem gluten com shimeji aqui outro dia) e nem sinto necessidade da versão “normal” mais. Quanto ao pão, estou conseguindo substituí-lo por outras opções como a tapioca (que eu adoro e também não tem gluten!) então já está bastante tranquilo!

Além disso comecei a ler um livro M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O chamado Barriga de Trigo, vocês conhecem? Vou falar dele no próximo post, prometo!

E nessa onda de vida mais light e feliz eu trago para vocês uma receitinha nota dez de Caldo Verde. Como vocês devem saber, o caldo verde original é feito de couve manteiga, batata e linguiça. Eu resolvi trocar a batata por couve-flor, que tem muito menos carboidratos e calorias, com um pouco mais de proteínas. Olha só a diferença:

couvebatata

Se você quiser deixar seu caldo verde ainda mais light troque a linguiça por outra coisa mais magra como peito de frango ou de peru. Como eu não fiz essa sopa só para mim não deu para forçar tanto a barra, mas já diminuí um pouco da “culpa” aferventando ela antes de usá-la na sopa.

O resultado? Um caldo-verde delicioso, super leve e bem mais saudável. Juro para vocês que tem gente que provavelmente nem vai perceber a diferença.. eu gostei mais dessa versão do que da original!

falsocaldoverde_2

MODO DE FAZER

– Comece colocando a linguiça já cortada em rodelas ou cubinhos (como você preferir) para ferver em água numa panela (isso diminui bastante a quantidade de gordura da linguiça, mas tira um pouco o gosto dela também, então fica aí a informação). Deixe ferver por uns 5 minutinhos e retire. Se não quiser fazer essa troca (gordura x sabor) só reserve a linguiça cortada.

– Leve a cebola picadinha com o azeite para dourar numa panela grande (a da sopa mesmo). Quando estiver transparente acrescente o alho. Deixe fritar e acrescente em seguida os buquês da couve-flor. Coloque água filtrada até cobrir todos os buquês e deixe cozinhar.

– Quando estiver cozido leve tudo ao liquidificador, bata bem (talvez você precise separar em duas ou três partes para bater tudo, dependendo do tamanho do seu liquidificador) e leve de volta para o fogo. Acrescente a couve manteiga picadinha (o mais fininha possível) e a noz moscada em pó. Se estiver muito grosso acrescente mais água filtrada e deixe em fogo baixo por uns 10 minutos.

– Enquanto isso, pegue sua linguiça (aferventada ou não) e leve ao fogo numa frigideira antiaderente (se não tiver use uma comum com um pouquinho de azeite) e dê uma fritadinha nela para selar.

– Acrescente a linguiça à sopa e acerte o sal. Deixe ferver mais um pouquinho e sirva seu caldo-verde light de duas couves em seguida!

DIFICULDADE: média

PREÇO MÉDIO: R$ 6,00 – R$ 9,00

Print Friendly