Ingredientes

  • 800g de batata baroa
  • 1 1/2 de manteiga com sal
  • 4 colheres de sopa de creme de leite fresco (ou o de caixinha)
  • 1 pitada de noz moscada em pó
  • Sal à gosto

4 ou 5 pessoas Pessoas servidas ~ 30-40 minutos

Se tem um programa que eu ADORO fazer nos finais de semana é passear no hortifruti, daqueles beeeem grandes, com muita variedade! Adoro o cheiro de coisa fresca, os legumes diferentes, as frutas que nunca comi, aquele colorido de encher os olhos. Para mim dá de 10 a 0 no shopping center!

Purê de Batata Baroa

Outro dia estava passeando no hortifruti e resolvi comprar algumas batata baroas, ou mandioquinhas (para os íntimos). Ainda não sabia ao certo o que fazer com elas, mas confesso que, apesar de não comê-las muito no meu dia-a-dia, adoro batata baroa! Acho muito mais gostosa do que a batata comum, com aquele gosto que beira de leve algo adocicado, o cheiro bem característico e a cor amarela linda que ela tem!

Aliás, resolvi pesquisar um pouco mais sobre essa raiz para fazer a postagem aqui pro blog, e descobri coisas muito legais. Ela é proveniente dos países andinos, principalmente do Equador e do Peru. É muito indicada na alimentação, principalmente para idosos e crianças, pois é rica em várias vitaminas e sais minerais, sendo os principais as Vitaminas A, B1, B2, C, D, E, carboidratos, potássio, silício, fósforo, enxofre, cloro, cálcio, ferro e mangésio.

Algumas dicas na hora de comprar a batata baroa ou mandioquinha: as raízes mais frescas são mais amarelas (como as da foto acima). Não é bom comprar as que estão cortadas com ferimentos, áreas amolecidas ou manchas escuras; e, principalmente, escolha as menores, pois são mais macias. Para conservá-las por mais tempo, guarde em um recipiente bem fechado ou em saco plástico na geladeira. Dessa maneira, as raízes mais frescas duram até cinco dias.

Agora que vocês já sabem um monte de coisas sobre essa delícia das feiras, vamos à receita? Esse purê é sensacional para servir com praticamente qualquer tipo de carne ou acompanhamento. Servi com um peixe (postarei aqui em breve). A textura fica incrível e a cor amarela brilhante deixa qualquer prato mais bonito!

MODO DE FAZER

– Descasque as batatas, corte-as em pedaços menores (é bom que os pedaços não sejam muito grandes, pois ela demora mais que uma batata normal para cozinhar) e leve para cozinhar numa panela com água fervente e um pouco de sal. A mandioquinha é bem resistente, então no meu fogão demorou quase meia hora para ficar molinha (vá testando com o garfo, dando pequenos furinhos).

– Quando as batatas estiverem cozidas, escorra totalmente a água. Amasse-as ainda quentes com um amassador de batatas ou com um garfo ou copo.

– Retorne a batata à panela, acrescente os outros ingredientes (manteiga, creme de leite e noz moscada) e, com o fogo baixo, comece a misturar vigorosamente com uma colher de pau, até que os ingredientes estejam todos integrados. Eu bati bastante, para que o purê ficasse bem cremoso e suculento. Acerte o sal e sirva em seguida.

DIFICULDADE: média

PREÇO MÉDIO: R$ 5,00 – R$ 7,00

Print Friendly, PDF & Email