Ingredientes

  • - 2 kg de tomates bem maduros e vermelhos (aqueles tomates que chamamos de italianos são até melhores pra receita, mas já fiz várias vezes com o tomate "normal" e dá bem certo);
  • - 2 cebolas médias picadas
  • - +/- 6 dentes de alho (eu já tenho alho amassado na geladeira - muito prático - uso duas colheres de sopa rasas de alho triturado)
  • - 1 lata de extrato de tomate concentrado (estilo aquele do Elefante)
  • - 1 molho de manjericão fresco (esse é o ingrediente que faz toda a diferença!)
  • - 1 pacote de caldo de carne em pó (opcional)
  • - 1 colher de sopa rasa de açúcar
  • - 1 colher de sopa de azeite
  • - Sal e pimenta calabresa em pó à gosto

~ 30 minutos

Queridos visitantes, boa noite! (ou bom dia/boa tarde!)

Para completar o grupo de receitas que eu comecei a postar, vou colocar aqui o molho de tomate caseiro que eu mencionei nas duas receitas anteriores. Ele é um dos coringas da minha cozinha, super fácil e rápido de fazer. Sempre faço um panelão, porque esse molho pode ser congelado em potinhos (eu guardo todos os potinhos de vidro de geléia, azeitona, etc). Uso com quase tudo que leva molho de tomate, substituindo basicamente aqueles molhos prontos estilo pomarola (eu acho o caseiro muito melhor). Dependendo da receita eu dou uma incrementada, mas o molho básico já está pronto para servir com uma massa, por exemplo.

Molho de tomates

INGREDIENTES

Molho de tomates

MODO DE FAZER

– Pegue os tomates e lave bem. Abra-os ao meio, tire o miolinho branco e as sementes (algumas pessoas gostam de deixar as sementes, eu prefiro tirar). Triture os tomates já lavados e abertos. Eu tenho um mix maravilhoso (uma das melhores aquisições do maridão pra nossa cozinha!), mas vocês podem perfeitamente colocar os tomates no liquidificador. É para colocar cru, aberto ao meio (ou em 4, se for grande). O resultado será uma massa heterogênea de tomate (eu costumo deixar um pouco pedaçudo, mas se preferir pode triturar até ficar um creme).

Molho de tomates

– Feito isso, coloque numa panela a cebola e o azeite para refogar (fogo alto). Quando a cebola estiver dourada, coloque o alho amassado. Dourados alho e cebola, junte a massa de tomates que você acabou de fazer, o extrato de tomate (que tem como função dar uma cor mais vermelha pro seu molho), o caldo de carne em pó, as folhas do manjericão, o açúcar, o sal e a pimenta (opcional). Misture tudo no fogo alto por uns 3 minutinhos.

– Depois abaixe o fogo e deixe a panela destampada por pelo menos 15 minutos, mexendo de vez em quando para não grudar no fundo. A ideia é que o molho reduza (perca água) e ganhe aquela consistência de molho italiano. Está pronto!

– Deixe esfriar, depois coloque nos potinhos de vidro (lembre-se de nunca encher o pote até a boca, pois ao congelar ele pode estourar) e congele.

RENDIMENTO: +/- 1 kg e 700 gr de molho
TEMPO DE PREPARO: 30 minutos
DIFICULDADE: fácil
PREÇO MÉDIO: R$ 10,00 – R$ 13,00
FUNDO MUSICAL: estava batendo papo com o digníssimo, então não estava ouvindo música. Mas há alguns dias estávamos vendo um DVD da banda Live, que é maravilhosa, então fica a dica!

Print Friendly