O dia em que chorei na Le Cordon Bleu

eu_lcbparis_garrafa

Quem está me acompanhando aqui pelo blog ou pelas redes sociais sabe que estou desde o mês passado aqui em Paris para fazer o curso básico intensivo de cuisine na Le Cordon Bleu. Contei mais sobre esse projeto e sobre como foi a primeira semana nos posts anteriores, se você ainda não viu pode clicar aqui, aqui e aqui.

Sei que ando meio atrasada aqui nas atualizações, mas a segunda e terceira semanas aqui no curso foram muito intensivas e não tive tempo para sentar e escrever para vocês. O material já está separado e pretendo fazer isso em breve, provavelmente neste final de semana. Mas, enquanto isso, aproveitei para fazer esse break aqui e contar um pouco sobre esse dia que foi bastante intenso e emocionante no curso, exatamente na quarta-feira desta semana.

Fazer um curso intensivo na Le Cordon Bleu aqui em Paris não é uma coisa fácil. São 6 dias por semana de aulas consecutivas de manhã à noite, somando às vezes 14 horas direto dentro do curso. São muitas horas em pé cozinhando, cortes, queimaduras, fadiga extrema. Se você é carioca como eu, pouco acostumada ao frio europeu, esse também será um fator que vai pesar bastante no seu dia a dia. Acredite, sair de casa todos os dias quando ainda está de noite com lua no céu, vento gelado e temperatura em torno de 0 graus, e voltar para casa já de noite nas mesmas condições não é fácil. Se você também não fala francês, mais um ponto extra de dificuldade na sua rotina. Como disseram os chefs no primeiro dia de aula: “isso aqui não é acampamento de verão nem cursinho de férias”. Bem, eles estavam para lá de certos!

Somado a isso ainda tem todo aquele lance de ficar longe de marido, família, amigos, largar o conforto do meu apartamento que montei do jeitinho que queria para morar num quarto e sala alugado num prédio de 1800 que só cabe 1 pessoa por vez no elevador. A preocupação se as coisas no trabalho e em casa estão bem e continuarão bem quando voltar. São tantas coisas que permeiam nossa cabeça nessas semanas de ausência que as poucas horas que tenho para dormir acabam muitas vezes sendo bastante perturbadas. E às 6h da manhã do dia gelado seguinte já tenho eu que levantar, passar meu uniforme, sair correndo para mais uma longa jornada de descobertas. Continue lendo…

Receita de cookies mais fácil do mundo!

Receita muito fácil de cookies caseiros de chocolate

Prometi para vocês que durante minha estadia aqui em Paris para fazer o curso intensivo de Cuisine da Le Cordon Bleu eu traria algumas receitas bacanas para não deixar o blog sem receitas novas. Essa daqui foi um grande achado, dica da querida blogueira e amiga Raquel Arellano do Gordelícias. Ganhei alguns sacos daquelas massas prontas para bolo de diferentes marcas mas não sou muito de fazer esses bolos lá em casa. Comentando isso com ela fiquei sabendo que essas massas prontas para bolo são excelentes para fazer cookies caseiros em questão de minutos. Sem brincadeira, essa é a receita de cookies caseiros mais fácil do mundo!

Usei uma massa sabor brigadeiro e salpiquei no final com flor de sal para dar um contraste bacana, mas vocês podem fazer do sabor que mais gostarem. Sem mais delongas, vamos para a receita logo porque vocês podem fazer AGORA e comer os deliciosos cookies caseiros do sabor que quiserem ainda hoje, ou dividir com seus amigos, ou  fazer lindas lembrancinhas para dar de presente em saquinhos com fitas fofas. Sucesso na certa! icon wink Receita de cookies mais fácil do mundo!

MODO DE FAZER

– Coloque o conteúdo da sua massa pronta para bolo numa vasilha, com o ovo. Eu usei uma massa pronta para bolo sabor brigadeiro, mas vocês podem usar absolutamente de qualquer sabor e marca.

– Adicione a manteiga gelada aos poucos, com a ponta dos dedos. Tem que ser com os dedos, OK? A colher não dará a liga necessária. Vá acrescentando aos poucos, até obter uma massa no ponto de biscoito, consistente e que não esfarele. Aqui em casa o ponto ideal foi 70g, mas acredito que pode ser um pouco mais mas não ultrapassar 85g. Continue lendo…

Quinto e Sexto Dias: Le Cordon Bleu Paris, Basic Cuisine

dubarry_lecordonbleu

O quinto dia de aula da primeira semana do curso de básico de Cuisine aqui na Le Cordon Bleu Paris (saiba mais sobre os outros dias clicando aqui e aqui) foi bastante intenso e cansativo. Tivemos todas as 4 aulas completas, então cheguei no curso às 8h da manhã e só cheguei em casa às 22h.

O dia começou com mais uma aula demonstrativa com um chef bem bacana e brincalhão. Foi ótimo para começar o dia de excelente humor e não ficarmos tão tensos. Aprendemos a fazer dois tipos de massa, a primeira foi a Pâte Brisée Salée, ou massa de quiche, quando ele apresentou a famosa receita de Quiche Lorraine (quiche típica da região de Lorraine na França, recheada com queijo gruyére, cbacon e creme de ovos), e uma quiche de cogumelos selvagens. A massa da quiche é realmente muito simples de fazer e não tem muito segredo.

mushroom quiche lecordonbleu 600x600 Quinto e Sexto Dias: Le Cordon Bleu Paris, Basic Cuisine quiche lorraine chef lecordonbleu 600x405 Quinto e Sexto Dias: Le Cordon Bleu Paris, Basic Cuisine

A primeira é a Quiche aux Champignons Sauvages e a segunda é a Quiche Lorraine, ambas apresentadas pelo chef na aula demonstrativa.

Continue lendo…

Segundo, Terceiro e Quarto Dias: Le Cordon Bleu Paris, Basic Cuisine

lecordonbleu_practical1_soup

Finalmente consegui um tempinho para vir aqui atualizar o blog com as novidades da minha estadia em Paris e minha experiência no curso intensivo de Cuisine na Le Cordon Bleu Paris. Já contei aqui para vocês como foi meu primeiro dia, como é o esquema de aulas e todo o material que recebemos, incluindo o incrível kit de facas e outros utensílios que recebemos (se você ainda não viu clica aqui e confere).

A primeira semana já foi bastante intensa e tivemos um total de 16 aulas, cada uma com 2 horas e meia a 3 horas de duração, sendo uma aula de apresentação inicial, sete aulas demonstrativas, sete aulas práticas (onde fizemos as técnicas e receitas demonstradas pelos chefs) e uma aula teórica, onde aprendemos sobre legislação para abertura de restaurantes, segurança no trabalho, diferentes utensílios e técnicas variadas para amolar as facas (muito importante!).

Cedo no segundo dia de aula tivemos a primeira aula teórica  onde aprendemos regras de higiene obrigatórias de acordo com as legislações vigentes na Europa e as melhores práticas profissionais adotadas nos restaurantes em todo mundo. No início achamos que não era nada demais, mas no decorrer das aulas práticas seguintes percebemos o quanto essas regras são úteis e importantes.

Depois tivemos a primeira aula demonstrativa com o chef,  que tratou sobre as técnicas tradicionais francesas para diferentes cortes  (brunoise, julienne, etc), como segurar e cortar diferentes alimentos com aquela precisão e rapidez que vemos os chefs fazendo nos programas de TV (ainda não estou nesse nível de prática, mas no decorrer da semana percebi uma melhora enorme na qualidade e rapidez dos meus cortes). Com aquela quantidade toda de legumes e vegetais cortados durante a demonstração o chef nos ensinou a fazer uma      Potage Cultivateur, ou sopa rústica de legumes (que também leva bacon defumado).

lecordonbleu practical1 cuts 600x337 Segundo, Terceiro e Quarto Dias: Le Cordon Bleu Paris, Basic Cuisine

Mesa de legumes nos variados cortes e a Potage Cultivateur do chef durante a aula demonstrativa. Continue lendo…

Meu Primeiro Dia na Le Cordon Bleu Paris

WP_20141117_13_41_05_Pro__highres

Hoje vim contar para vocês como foi minha experiência no primeiro dia na Le Cordon Bleu Paris (que foi hoje mesmo). Como contei para vocês , vim para Paris fazer o curso de Cuisine da Le Cordon Bleu, um sonho de muitos anos que finalmente está se concretizando! Depois de um longo dia na escola e fora dela (marcando equipamentos, fazendo bainha nas calças, passando todo o uniforme, etc), sentei para dividir com vocês um pouco dessa experiência inicial. Espero que gostem!

O primeiro dia não é um dia de aula normal, mas sim uma apresentação da escola, regras, agenda e entrega de uniformes e materiais. Cheguei lá às 9hs da manhã (as aulas nos dias normais são das 8h30 às 21h30, de segunda à sábado), e fomos todos direcionados para uma das salas de aulas teóricas para uma apresentação dos principais chefs, diretores, regras e agenda das próximas semanas. A sala é essa aqui:

WP 20141117 12 03 04 Pro  highres 600x337 Meu Primeiro Dia na Le Cordon Bleu Paris WP 20141117 12 03 19 Pro  highres 600x337 Meu Primeiro Dia na Le Cordon Bleu Paris WP 20141117 12 02 47 Pro  highres 337x600 Meu Primeiro Dia na Le Cordon Bleu Paris

Notem que no meio da sala tem uma tela que nos dias de aula normal não fica ali. Eles passaram uma apresentação projetada nessa tela só para essa aula inaugural. Continue lendo…

Le Cordon Bleu Paris, um novo desafio

Le Cordon Bleu Paris

 

Le Cordon Bleu logo 196x300 Le Cordon Bleu Paris, um novo desafioÉ com muito prazer que venho contar para vocês que estou indo agora em Novembro para Paris passar 2 meses fazendo o primeiro módulo intensivo (de três) da formação em Culinária Francesa (Cuisine) na Le Cordon Bleu Paris. Esse é um projeto que, depois de muitos anos de planejamento pessoal e financeiro, finalmente está se realizando. Preciso dizer que estou muito feliz? icon wink Le Cordon Bleu Paris, um novo desafio

Muitos devem se lembrar do Le Cordon Bleu por causa da famosa escritora e apresentadora de programas culinários Julia Child, que foi recentemente lembrada naquele filme Julie & Julia (que eu adoro, quem ainda não viu super recomendo). A Le Cordon Bleu foi fundada em 1895 e é considerada uma das mais importantes e tradicionais escolas de culinária do mundo, com filiais em vários países, e cuja matriz fica em Paris. De lá saíram vários chefs renomados, inclusive brasileiros, como a chef Flávia Quaresma.

julia child 07 274x300 Le Cordon Bleu Paris, um novo desafioPara mim esse é um dos projetos mais importantes da minha vida, acúmulo de anos de trabalho e preparação, principalmente psicológica. Sou muito feliz de ter marido e família que me apoiam muito nessa empreitada, quando ficarei longe de casa, num regime intensivo de aprendizado e vivência gastronômica.

Prometo que, apesar do tempo corrido (as aulas serão de segunda à sábado, de manhã à noite), vou tentar documentar aqui no blog para vocês esta “aventura”, falando um pouco sobre as aulas e a vida em Paris. O avião parte dia 07 de novembro e minhas aulas começam dia 17, por isso ao longo das próximas semanas o conteúdo aqui do blog vai mudar um pouco, deixando de lado as receitas (ainda deixei algumas bacanas separadas para postar aqui, fiquem tranquilos!) e trazendo os relatos dessa experiência única.

Au revoir!! :*

le cordon bleu paris 600x399 Le Cordon Bleu Paris, um novo desafio

Lombo suíno no molho de limão siciliano

Deliciosa receita de lombo suíno com molho de limão siciliano

Depois de muitas emoções no Brasil com as eleições presidenciáveis (que muitas das vezes parecia mais um episódio do programa do Ratinho ou da Márcia do que a escolha democrática para presidente do país, mas vida que segue!), precisamos começar a semana com comidas gostosas e fáceis de fazer, não é mesmo? Por isso já trago para vocês nessa segunda-feira essa deliciosa receita de lombo suíno no molho de limão siciliano. O bacana é que ela usa poucos ingredientes e fica simplesmente maravilhosa, com um gostinho cítrico bem agradável contrapondo com a maciez característica desse tipo de carne. Aliás, eu adoro carne de porco! Acho que, quando bem feita, é simplesmente deliciosa, porque consegue absorver bem o sabor dos temperos e fica incrível!

Esse aqui servi com um acompanhamento básico de arroz branco, legumes grelhados e salada verde. Quer coisa melhor para começar sua semana? icon wink Lombo suíno no molho de limão siciliano Mão na massa! Continue lendo…